06:23h • 07 de Abril de 2020
Alterar Senha
Esqueci minha Senha

Notícias

APMP realizou o primeiro Seminário voltado à Aposentadoria Saudável

Evento reuniu associados

20/07/2015

A APMP por meio de sua Diretoria de Aposentados e Pensionistas realizou na última sexta-feira, 17 de julho, o seminário “Aposentadoria Saudável”. O evento aconteceu no Salão Nobre da sede Administrativa, em Curitiba, e teve início às 9h, com o café da manhã.

Os trabalhos foram abertos com a palestra “Planejamento Financeiro e Familiar” ministrada por Eli Nunes Marques. O palestrante convidado, que é formado em Direito e hoje atua como Personal Coaching, dividiu com os associados sua trajetória pessoal e profissional. Eli começou afirmando que a maior parte das famílias hoje gastam 100% de seus rendimentos e apresentou o cenário natural das famílias, onde divergem interesses e projetos, sendo muito difícil chegarmos ao cenário ideal das finanças no meio familiar.

Assim, continuou e mostrou alguns itens importantes para controlar as finanças: organização; equilíbrio entre emoção e razão e identificação do que é necessidade e o que é desejo.

Eli afirmou que a prosperidade de uma pessoa ou de uma organização não decorre do quanto que ela ganha, mas o quanto ela consegue economizar. Por isso, é fundamental saber gerir as finanças e para tal há algumas qualidades requeridas, como prudências nos gastos, ter honestidade e generosidade, evitar dívidas, entre outras.

E para finalizar reconheceu que a busca para a educação financeira é um processo complexo e dinâmico, influenciado por fatores psicológicos, comportamentais, culturais e econômicos, mas garantiu que a qualidade de vida e a qualidade do trabalho está diretamente relacionada a uma boa saúde financeira.

Logo em seguida, foi servido pelo Buffet Due Chef o almoço para os presentes.

Já no período da tarde a psicóloga Silvana Calixto iniciou sua palestra pedindo para os participantes do seminário imaginassem como e onde gostariam de estar no aniversário de 90 anos. Diversas foram as respostas, mas todas convergiram para “ter saúde”, “estar viajando”, “estar com a família” e “estar feliz”. Silvana ressaltou que ninguém disse ou pensou estar em um asilo ou doente ou passando necessidades. Então, “para que as respostas se concretizem, é necessário ter uma boa qualidade de vida, que requer capacidades mentais intactas” salientou a palestrante.

Silvana mostrou diversas formas de realizar atividades mentais durante a nova fase da vida, a aposentadoria. Buscar hobbies, fortalecer antigas amizades, conhecer novas pessoas, realizar sonhos ainda não vividos são algumas maneiras de como fazer com que nosso cérebro continue ativo. A convidada afirmou que é necessário encontrar novos significados, reciclando nossas experiências de vida e fugir dos estereótipos.

A terceira e última palestra foi ministrada pelo médico Jucenir Marques que falou de cuidados com o organismo, idade e qualidade de vida. Jucenir partilhou com os associados sua experiência sobre a Medicina da Longevidade. O médico explicou as diferenças entre a medicina preventiva e a curativa, além de mostrar a importância dos hormônios para uma vida saudável.

O declínio hormonal com a idade, explicou, traz algumas consequências para o organismo, como a menopausa, andropausa, somatopausa, entre outras. Assim, Jucenir ressaltou que para alcançar saúde, longevidade e qualidade de vida, são necessários que caminhem juntos: equilíbrio hormonal, equilíbrio nutricional, atividade física, controle de estresse e suplementos nutricionais.

O evento que faz parte do programa de Preparação à Aposentadoria lançado em 2014 pela Associação reuniu mais de 30 associados, entre ativos, aposentados e pensionistas.  Para o associado Cid Raymundo Loyola Júnior, há três anos na aposentadoria, o seminário foi muito interessante, didático, pois trouxe casos reais, nos quais os associados puderam se identificar. Admitiu que ao entrar na aposentadoria pode se dedicar aos hobbies, como sugerido pela palestrante Silvana Calixto, e hoje tem muito mais tempo para cuidar de seu fusca.

A pensionista, nossa associada Hilda Maria Souza Cobbe, ficou muito satisfeita com a iniciativa e com os palestrantes convidados. “O caminho pode ser longo, mas sempre começa com o primeiro passo. Os três palestrantes nos mostraram alternativas reais, e possíveis, para que o olhar de cada um de nós descubra novos horizontes na busca da realização pessoal gratificante na fase de vida em que nos encontramos, dentro de um universo que ‘muito exige, mas pouco oferece’. Parabéns à APMP pela realização do encontro!” comentou Hilda.

Confira aqui as fotos.